Da Base

01:18 | 16/12/2017
Brasil
29/11/2017 às 22:39 - Por Redação

Após título da Copa do Nordeste Sub-20, artilheiro do Vitória enaltece treinador: “é um pai para a gente”

Eron, que foi um dos destaques do Leão na campanha, rasgou elogios a João Burse

Ele está acostumado a ser destaque. Foi assim na Copa do Brasil Sub-17 de 2015, quando terminou com o título sobre o Botafogo-RJ, e dessa vez na Copa do Nordeste Sub-20, levando a melhor sobre o rival Bahia. Titular e artilheiro, Eron sabe a responsabilidade que carrega nas costas e faz jus a confiança depositada pelo técnico João Burse.

Com cinco gols, atacante foi o artilheiro do Leão na conquista da última segunda-feira (28) e vice-artilheiro de toda a competição. Em entrevista exclusiva ao Portal DaBase, ele atribuiu o sucesso aos ensinamentos do treinador, para quem rasgou elogios.

“É um excelente trabalho que ele já vem fazendo, desde quando nos pegou no sub-17 e fomos campeões da Copa do Brasil. Voltou há pouco tempo e já fomos campeões da Copa do Nordeste. É um treinador que sabe conciliar o extracampo e o trabalho dentro de campo. Dá conselhos não só para o futebol, mas para a vida toda. O Burse não é só um treinador, é um pai para a gente. É isso que diferencia ele dos outros”, cravou.

Eron foi o autor do segundo gol do Vitória sobre o Bahia, na final da Copa do Nordeste Sub-20 (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Os gols marcados e as boas atuações protagonizadas pelo camisa 9 no torneio o colocaram novamente nos holofotes Brasil afora. Eron, que acumula passagens pelas seleções de base, estava sendo observado pelo técnico da Seleção Sub-17, Carlos Amadeu, que o convocou quando ainda pertencia ao juvenil para o Sul-Americano e o Mundial da categoria, e não decepcionou. Foi dele o segundo gol do triunfo por 2 a 0 sobre o Bahia.

Mas engana-se quem pensa que o matador mantém para si os louros do título. De acordo com Eron, o grande destaque do Vitória durante a Copa do Nordeste Sub-20 não foi um atleta, mas sim o coletivo. “Sem dúvidas foi o grupo. Todos estavam focados em um objetivo só. Quem estava entrando como titular, quem estava no banco, a diretoria, a comissão técnica… Todos estão de parabéns”, reconheceu.

Atacante foi o artilheiro do Vitória e vice-artilheiro da competição (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Agora, o baiano de Sobradinho, que está no Vitória desde 2012, quer seguir crescendo dentro do clube. Segundo o próprio, o próximo objetivo a ser conquistado é a Taça São Paulo de Futebol Júnior, que acontece entre os dias 2 e 25 de janeiro de 2018, e com um possível bom desempenho na maior competição de base do país, Eron, que tem como ídolo Ronaldo “Fenômeno” e como referência atual o jovem Gabriel Jesus, quer alçar vôos ainda maiores.

“Essa Taça São Paulo chegando, é mais um objetivo para a gente conquistar, mas quero mesmo é estar no profissional do Vitória o mais rápido possível. Esse é o meu grande objetivo”, vislumbrou.

O Vitória estreia na Copinha no dia 3 de janeiro, diante do Atibaia. O Rubro-Negro está no Grupo 15 da competição, junto a Primavera e Globo-RN. A chave joga na cidade de Indaiatuba.

Ficha técnica
Nome: Eronildo dos Santos Rocha
Apelido: Eron
Posição: Atacante
Idade: 19 anos
Altura: 1,75m
Peso: 75 kg
Clube atual: Vitória-BA
Convocações: 10

Comente


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Da Base