Da Base

06:55 | 23/04/2019
Brasil
08/02/2019 às 06:49 - Por Vinicius Fernandes

Carlos Amadeu diz que sente vergonha pela campanha no Sul-americano Sub-20

Treinador ressalta dificuldade que sua equipe demonstrou em campo em todas as partidas até aqui

Com o fim da quarta e penúltima rodada do Hexagonal Final do Campeonato Sul-americano Sub-20, na noite desta quinta-feira (7), no estádio El Teniente, na cidade de Rancagua, no Chile, a situação da seleção brasileira em busca de uma vaga no Mundial da categoria é bastante complicada.

Amadeu é o comandante do fracasso brasileiro (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Já sem chance de título e fora do Pan-americano de Lima, o Brasil, lanterna com apenas dois pontos somados, pode entrar em campo no domingo (10) já eliminado, bastando para isso uma vitória da Colômbia sobre o Uruguai, na preliminar. Caso isso não ocorra, o selecionado canarinho ainda terá uma parada difícil pela frente: vencer a líder Argentina, garantida nas duas outras competições e que luta para ser a campeã sul-americana.

Na coletiva de imprensa após o empate por 0 a 0 contra o Equador, o técnico brasileiro Carlos Amadeu, de forma muito sincera, deu a seguinte declaração:

– O jogo foi a cara do que tem sido nossa seleção. Pouca criatividade. Não consegue ser agressiva nem com a posse nem sem a bola. Com muitas dificuldades de se aproximar e fazer gols. De terminar as jogadas. Seja concluir a finalização ou acertar o passe final. Quando faz não é com a devida qualidade. Isso aconteceu na competição.

Sobre o fato de ainda ter alguma esperança, mas também poder entrar em campo já eliminado, o treinador desabafou:

– Geralmente não comento o próximo jogo, mas nesse caso é especial. Vale o comentário. Temos que ter a consciência do que representa a camisa, seja em jogo, em treino, em Sul-Americano. Está em jogo aqui o futuro da Seleção, o futuro deles, o meu futuro, o da comissão técnica… Temos que arrumar força. Força interior tem que vir. Tem que ter equilíbrio, espírito para não querer passar vergonha. Podemos passar vergonha. Já está ruim e pode piorar. Terei vergonha se isso acontecer. Sinto vergonha pela campanha que estamos fazendo. Tenho consciência plena da minha responsabilidade. Na minha carreira não passei por momento tão triste.

Em oito jogos até aqui no torneio, o Brasil conquistou somente duas vitórias (2 x 1 Venezuela e 1 x 0 Bolívia), além de três empates (todos por 0 a 0) e três derrotas (0 x 1 Chile, 0 x 2 Venezuela e 2 x 3 Uruguai). Potanto, foram apenas cinco gols marcados, contra sete sofridos.

Comente


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Da Base