Da Base

17:30 | 23/02/2020
Brasil
25/01/2020 às 15:12 - Por Redação

Internacional vence Grêmio nos pênaltis e conquista Copa São Paulo

Em Gre-Nal histórico, Colorado buscou o empate no tempo normal e chegou ao pentacampeonato

O Inter é o campeão da Copa São Paulo de 2020. O Colorado venceu o Grêmio nos pênaltis, por 3 a 1, após empate por 1 a 1 no tempo normal em final realizada na manhã deste sábado (25), no Pacaembu, em São Paulo. A equipe gaúcha se tornou a segunda maior campeã do torneio, com cinco títulos.

 

Inter conquistou pentacampeonato invicto. Foto: Foto: Ricardo Duarte

 

Os dois times não criaram muitas chances de gol na etapa inicial. O duelo ficou restrito ao meio campo, com boas atuações de lado a lado. Quando Grêmio e Inter chegavam ao ataque, os atacantes pecavam nas finalizações e mantinham o zero no placar.

 

O início do segundo tempo foi movimentado. Aos sete minutos, Fabrício fez bela jogada pela esquerda, passou pela marcação e cruzou. Tiago Barbosa, do Inter, desviou contra e abriu o placar para o Tricolor. Na comemoração, Alison Calegari subiu no alambrado para comemorar com a torcida e levou o segundo cartão amarelo, deixando o Grêmio com um a menos em campo.

 

Em vantagem numérica, o Colorado foi para cima e reagiu aos doze minutos. Matheus Monteiro avançou pela esquerda e cruzou para Guilherme Pato, que dividiu com a marcação e mandou para o fundo das redes. Depois disso, as duas equipes tiveram chances de marcar. Praxedes acertou a trave do goleiro gremista enquanto Elias perdeu cara a cara com o goleiro colorado. Apesar das oportunidades, o placar se manteve igual até o fim.

 

Nos pênaltis, as duas equipes começaram errando. Matheus Monteiro, pelo Inter, parou em Adriel e Vitor Peado, pelo Grêmio, acertou a trave. Na sequência, Cesinha, Tiago Barbosa e Carlos Eduardo fizeram os três gols para o Colorado. Já no Tricolor, Wesley Moreira mandou no travessão, Gazão converteu e. na quarta batida, Gabriel Gonçalves voltou a acertar o travessão, dando números finais à disputa: 3 a 1.

 

A conquista colorada foi marcada por uma campanha invicta, com seis vitórias e três empates, 16 gols marcados e apenas quatro sofridos. Flipe Micael, do Mirassol, foi o artilheiro do torneio com dez gols anotados.

 

O Internacional se tornou o segundo maior campeão da Copinha, com cinco títulos. A equipe venceu nos anos de 1974, 1978, 1980 e 1998. Só o Corinthians, com dez conquistas, fica a frente do time gaúcho. O Grêmio, que nunca foi campeão, ficou com o segundo vice, já que havia perdido a final de 1991 para a Portuguesa.

Comente


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Da Base