Da Base

18:43 | 23/02/2019
Brasil
21/01/2019 às 20:53 - Por Redação

Conheça oito joias que merecem atenção especial nas semifinais da Copa SP

Atletas tem demonstrado desenvoltura e chamado a atenção de grandes clubes do futebol mundial

CORINTHIANS
Fabrício Oya – Meio-campo, 19 anos
Em sua quarta Copinha, o camisa 10 é o principal nome do alvinegro paulista. Vice em 2016 e campeão em 2017, o meia, que já foi e voltou dos profissionais algumas vezes, espera ser aproveitado no time de cima de vez, já que o treinador Fábio Carille já o conhece de sua primeira passagem no Corinthians, de 2009 até maio de 2018. Oya é um dos vice-artilheiros da Copinha 50, com sete gols marcados.
Características: Líder, ótimo nas assistências, também aparece com frequência na área adversária para finalizar e se destaca nas bolas paradas.

Fabrício Oya tem sete gols na Copinha (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

Gustavo Mantuan – Meio-campo, 17 anos
Irmão do volante Mantuan, emprestado à Ponte Preta, o meia-atacante é considerado uma das grandes promessas do Timão e faz parte do interesse do Sevilla, da Espanha, para liberar o lateral Guilherme Arana para o clube paulista. O Departamento de Formação diz que há um novo contrato, válido por cinco anos, com valores reajustados e aumento de multa contratual, já apalavrado com seus agentes, que não confirmam o acordo. Após romper os ligamentos do joelho direito em 2017, ele voltou a se destacar no ano passado, ainda no sub-17, com fez dois gols antológicos na temporada: um de bicicleta e outro do meio-campo.
Características: Faro de gol, inteligência e habilidade.

Mantuan despertou o interesse do Sevilla-ESP (Foto: Ag. Corinthians)

GUARANI
Bidu – Lateral esquerdo, 19 anos
O lateral-esquerdo, cujo nome de batismo é Matheus Lima, veio da Portuguesa de Desportos em 2017, por indicação do treinador Márcio Zanardi. Ele tem contrato até março deste ano. Com boas exibições e chamando a atenção de vários clubes, o presidente Palmeron Mendes Filho acertou um contrato de três anos, com aumento salarial e multa rescisória estipulada em oito milhões de reais para o mercado nacional e 20 milhões de euros para o exterior. O técnico Omar Loss, do profissional, anunciou que acredita que o jogador “pode dar conta do recado” no time principal após esta competição.
Características: Técnico, gosta de ir à linha de fundo e tem muita qualidade nos cruzamentos.

Bidu se destaca na lateral esquerda do Bugre (Foto: GuaraniFC)

Davó – Atacante, 19 anos
Grande surpresa do Bugre e com apelido em homenagem à sua avó (Matheus Alvarenga é o seu nome de batismo), tem situação semelhante à do seu companheiro: chegou da Portuguesa de Desportos no ano passado, por indicação do treinador Márcio Zanardi, e tem contrato finalizando em dois meses. No momento, é quem mais fez gol em uma única partida na atual edição: quatro – tem cinco no total. Com isso, o presidente Palmeron Mendes Filho também já chegou a um acordo com o seu artilheiro, oferecendo o mesmo tipo de contrato profissional. O técnico Omar Loss já adiantou que o jogador treinará com os profissionais após a Copinha.
Características: Muita movimentação, boa finalização e frieza dentro da área.

Davó tem cinco gols na Copinha (Foto: Letícia Martins/Guarani FC)

SÃO PAULO
Diego – Meio-campo, 19 anos
Capitão da equipe, o volante começou como zagueiro e mudou de posição no ano passado. Foi contratado junto ao Grêmio Prudente em 2015, quando tinha apenas 15 anos. Na época, conhecido como Diego Henrique, ele agarrou a oportunidade de integrar o elenco sub-19 do time prudentino para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. E assim que se destacou na competição ao demonstrar facilidade nos lançamentos e arrancadas com a bola. Foi quando recebeu a proposta do Tricolor do Morumbi.
Características: Boa qualidade no passe, desarme e lançamentos precisos.

Diego joga como zagueiro e como volante (Foto: SPFC)

Antony – Atacante, 18 anos
Promovido para o elenco profissional do tricolor paulista em 2018, onde disputou três jogos, o meia-atacante tem contrato firmado até 30 de setembro de 2023. É considerado uma das promessas futuras do São Paulo, assim como Helinho, que já está nos profissionais. Ele está no São Paulo desde 2010 e já ganhou dez títulos nas categorias de base do clube.
Características: Ótima visão de jogo, habilidade e preciso nas assistências.

Antony tem muita habilidade no pé esquerdo (Foto: Célio Messias/SPFC)

VASCO DA GAMA
Lucas Santos – Atacante, 19 anos
Também chamado de Robinho dentro do clube, o meia-atacante, de apenas 1,64m, brilha com a camisa cruzmaltina desde os sete anos. Em 2018, o jogador estreou nos profissionais na partida contra a Cabofriense, pela Taça Guanabara. No ano passado, acertou a renovação de contrato por mais três anos.
Características: Rápido, habilidoso e bom nas bolas paradas.

Lucas Santos já tem experiência no profissional do Vasco (Foto: CRVG)

Tiago Reis – Atacante, 19 anos
Liberado pelo Cruzeiro no ano passado, os seus empresários pediram uma chance ao Vasco e seu estilo de jogo encaixou perfeitamente com o da equipe cruzmaltina. Logo foi o artilheiro do Torneio OPG e agora é um dos goleadores da Copinha (vice-artilheiro, com 7 gols). Já são 18 gols marcados em 22 jogos pelo clube, média superior a de qualquer outro jogador de qualquer outra categoria (incluindo os profissionais) no Gigante da Colina. Com seu atual vínculo se encerrando dia 6 de agosto deste ano, o atacante pode assinar um pré-contrato faltando seis meses para o término e, justamente por isso, a diretoria elabora uma proposta de renovação para ser firmada entre as partes o mais breve possível.
Características: Muita movimentação, boa finalização e posicionamento.

Tiago Reis já marcou sete vezes na Copinha (Foto: Ale Vianna/Divulgação)

Comente


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Da Base