Da Base

17:54 | 23/02/2020
Brasil
14/02/2020 às 17:12 - Por Redação

Sobrevivente do incêndio no Ninho do Urubu assina primeiro contrato profissional

Jovem de 16 anos fechou com clube paulista por três temporadas

Um dos sobreviventes do incêndio que matou dez jovens no Ninho do Urubu, CT do Flamengo, a um ano atrás, Felipe Cardoso assinou seu primeiro contrato profissional nessa quinta (13). O atleta de 16 anos assinou por três temporadas com o Red Bull Bragantino.

 

Felipe Cardoso foi dispensado pelo Flamengo no início do ano Foto: Divulgação/ Instagram (@felipecardoso10)

 

O vínculo prevê uma multa rescisória de 60 milhões de euros (aproximadamente 282 milhões de reais) para clubes do exterior. O jogador foi dispensado pelo Flamengo no início do ano e recebeu ofertas de outros times carioca, como Fluminense e Vasco, mas optou pela equipe de Bragança Paulista, já que sua família é de São Paulo.

 

Felipe passou pela base do Santos dos 9 aos 15 anos. Ele havia acertado com o Rubro-Negro no início de 2019, justamente na época do incêndio. Cardoso conseguiu escapar e ajudar os companheiros que dormiam na hora da tragédia.

 

Após fazer testes em Jarinu, sede do Red Bull Brasil, o atleta foi aprovado e aguardava apenas problemas com a documentação para assinar o contrato. Ele será incorporado à base do RB Bragantino, já que RB Brasil e o time de Bragança são empresas diferentes.

 

Através das redes sociais, Felipe celebrou a oportunidade. “Chegou o grande dia, hoje realizo um sonho de criança, onde pude assinar meu primeiro contrato profissional com o Red Bull Bragantino. Primeiramente queria agradecer a Deus que sem ele nada seria possível, a minha família que sempre contribuiu e me apoio em todos os momentos, ao meu representante Wilson Farias, e o Red Bull Bragantino por acreditar no meu trabalho e potencial (…)”.

Comente


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Da Base