Da Base

22:46 | 19/08/2019
Brasil
24/06/2019 às 19:44 - Por Vinicius Fernandes

Veja o guia do Brasileirão Sub-20 feito pelo DaBase

Vinte primeiros colocados no ranking da CBF estão na disputa

A edição 2019 do Campeonato Brasileiro Sub-20, competição organizada pela Confederação Brasileira de Futebol, novamente reunirá as 20 melhores associações colocadas no Ranking de Clubes da CBF.

Competição ainda não tem um bicampeão (Foto: CBF)

Em sua quinta edição sob o comando da Entidade, o torneio terá nova forma de disputa, com todas as equipes jogando entre si, em turno único, na primeira fase. Os oito melhores avançam à segunda fase. Caso haja empate no número de pontos, os critérios de desempate serão: 1º) maior número de vitórias; 2º) maior saldo de gols; 3º) maior número de gols pró; 4º) menor número de cartões vermelhos recebidos; 5º) menor número de cartões amarelos recebidos; 6º) sorteio. A partir daí, mata-mata, em ida e volta, nas quartas de final, semifinais e a grande final. Se houver empate após os dois jogos, o vencedor será conhecido nos pênaltis.

Os participantes representam oito Estados: BA (2), MG (3), PE (1), PR (2), RJ (4), RS (2), SC (1) e SP (5). Em relação ao ano passado há duas mudanças, as saídas de Atlético Goianiense e Figueirense e as entradas de América Mineiro e Coritiba. Confira:

  1. Sociedade Esportiva Palmeiras SP
  2. Cruzeiro Esporte Clube MG
  3. Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense RS
  4. Santos Futebol Clube SP
  5. Sport Club Corinthians Paulista SP
  6. Clube de Regatas do Flamengo RJ
  7. Clube Atlético Mineiro MG
  8. Club Athletico Paranaense PR
  9. Sport Club Internacional RS
  10. Associação Chapecoense de Futebol SC
  11. Botafogo de Futebol e Regatas RJ
  12. São Paulo Futebol Clube SP
  13. Fluminense Football Club RJ
  14. Club de Regatas Vasco da Gama RJ
  15. Esporte Clube Bahia BA
  16. Sport Club do Recife PE
  17. Esporte Clube Vitória BA
  18. Associação Atlética Ponte Preta SP
  19. América Futebol Clube MG
  20. Coritiba Foot Ball Club PR

Veja um resumo de cada clube:

AMÉRICA/MG

Destaque: Guilherme Henrique (meia).

Técnico: Paulo Ricardo.

Histórico: Desde que a CBF tomou a frente da organização da competição, o Coelho nunca participou.

Retrospecto recente: Vice-campeão no Campeonato Mineiro Sub-20 de 2018, foi eliminado na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

ATHLETICO/PR

Destaque: Khellven (lateral).

Técnico: Rafael Ganaes.

Histórico: Depois de ter sido semifinalista em 2017, o Furacão foi o último colocado no ano passado, sem somar um ponto sequer.

Retrospecto recente: Vice-campeão no Paranaense Sub-19 no ano passado, foi eliminado na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

ATLÉTICO/MG

Destaque: Guilherme (atacante).

Técnico: Leandro Zago

Histórico: O Galo participou de todas as edições anteriores, sendo sempre eliminado na primeira fase.

Retrospecto recente: Sequer chegou à final do Mineiro da categoria no ano passado. Na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano foi eliminado nas oitavas de final.

BAHIA/BA

Destaque: Saldanha (atacante).

Técnico: Pablo Fernandez.

Histórico: O Tricolor de Aço não participou em 2018. Sua melhor colocação é o terceiro lugar de 2015.

Retrospecto recente: Bicampeão do Campeonato Baiano da categoria (2018 e 2019), na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano foi eliminado logo na primeira fase.

BOTAFOGO/RJ

Destaque: Rhuan (atacante).

Técnico: Marcos Soares.

Histórico: O Glorioso foi campeão em 2016, mas ano passado foi eliminado na primeira fase com quatro derrotas em quatro jogos.

Retrospecto recente: Não foi à final do Campeonato Carioca, nem do Torneio Otávio Pinto Guimarães, ambos em 2018. Na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019 caiu nas oitavas de final.

CHAPECOENSE/SC

Destaque: Luiz Pedro (zagueiro).

Técnico: Max Sandro Barbosa.

Histórico: A Chape participou pela primeira vez em 2017, quando chegou à segunda fase. No ano passado caiu logo na primeira.

Retrospecto recente: Campeã catarinense sub-20 de 2018, na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019 fez feio, sendo eliminada ainda na primeira fase.

CORINTHIANS/SP

Destaque: Nathan (atacante).

Técnico: Dyego Coelho.

Histórico: O Timão tem como melhor resultado o vice em 2016, único fez que chegou ao menos às semifinais.

Retrospecto recente: Vice-campeão paulista de 2018, foi eliminado na semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

CORITIBA/PR

Destaque: Rafael (goleiro).

Técnico: Ricardo Quandt.

Histórico: O Coxa só caiu na primeira fase em 2015. Depois foi semifinalista em 2016, finalista em 2017e chegou à segunda fase em 2017.

Retrospecto recente: Campeão paranaense sub-19 de 2018, na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano foi eliminado na terceira fase.

CRUZEIRO/MG

Destaque: Maurício (atacante).

Técnico: Ricardo Resende.

Histórico: Campeão em 2017, ano passado caiu na segunda fase.

Retrospecto recente: Vencedor do Campeonato Mineiro da categoria no ano passado, na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019 foi eliminado nas quartas de final e na Copa do Brasil ficou com o vice.

FLAMENGO/RJ

Destaque: Hugo Souza (goleiro).

Técnico: Mauricio Souza.

Histórico: Sua melhor campanha aconteceu no ano passado, quando foi vice-campeão. O rubro-negro foi eliminado nas oitavas de final em 2012, 2013 e 2014. Em 2015 caiu nas quartas de final e em 2016 saiu logo na primeira fase.

Retrospecto recente: Campeão carioca da categoria e do Torneio Otávio Pinto Guimarães, em 2018, foi eliminado na segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019.

FLUMINENSE/RJ

Destaque: Lucas Macula (atacante).

Técnico: Gustavo Leal.

Histórico: Dono do melhor retrospecto entre todos os participantes, o Tricolor das Laranjeiras é o único que jamais foi eliminado logo na primeira fase.

Retrospecto recente: Vice-campeão do Torneio Otávio Pinto Guimarães, em 2018, não chegou à final do Estadual da categoria, e foi eliminado na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019.

GRÊMIO/RS

Destaque: Elias (atacante).

Técnico: Cesar Eduardo Lopes.

Histórico: O tricolor gaúcho chegou duas vezes à segunda fase (2016 e 2017), porém jamais foi semifinalista.

Retrospecto recente: Eliminado nas semifinais do Campeonato Gaúcho da categoria este ano, caiu nas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, também em 2019.

INTERNACIONAL/RS

Destaque: Dudu (meia).

Técnico: Fábio Matias.

Histórico: O Colorado chegou duas vezes à segunda fase, sendo semifinalista em 2016.

Retrospecto recente: Campeão gaúcho da categoria em 2018 e finalista este ano, foi eliminado na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019.

PALMEIRAS/SP

Destaque: Vitão (zagueiro).

Técnico: Wesley Carvalho.

Histórico: Vindo de duas eliminações ainda na primeira fase, o Verdão conquistou o título em 2018, ano de sua primeira final.

Retrospecto recente: Atual campeão da competição, é também bicampeão paulista da categoria, ganhou a Copa Internacional Ipiranga no ano passado e a Copa do Brasil Sub-20 em 2019. Já na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano foi desclassificado na terceira fase.

PONTE PRETA/SP

Destaque: Facundo Batista (atacante).

Técnico: Felipe Moreira.

Histórico: A Macaca chegou à segunda fase nas duas primeiras edições e nos dois últimos anos caiu logo na primeira, sempre repetindo posições: 7ª em 2015 e 2016; 17ª em 2017 e 2018.

Retrospecto recente: Semifinalista do Campeonato Paulista da categoria em 2018, na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano foi desclassificada na segunda fase.

SANTOS/SP

Destaque: Lucas Lourenço (meia).

Técnico: Márcio Zanardi.

Histórico: O Peixe sempre foi desclassificado ainda na primeira fase da competição.

Retrospecto recente: Eliminado antes da fase de mata-mata no Campeonato Paulista de 2018, caiu logo na primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

SÃO PAULO/SP

Destaque: Rodrigo Nestor (meia).

Técnico: Orlando Ribeiro.

Histórico: O Tricolor Paulista saiu logo na primeira fase em 2015 e 2018. Em 2016 foi à segunda e em 2017 caiu nas semifinais.

Retrospecto recente: Eliminado na semifinal do Campeonato Paulista no ano passado, em 2019 foi o campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

SPORT RECIFE/PE

Destaque: Mikael (atacante).

Técnico: Júnior Câmara.

Histórico: O Leão foi eliminado na primeira fase em todas as edições.

Retrospecto recente: O rubro-negro sequer foi à final do Pernambucano da categoria, em 2018, e na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano caiu na segunda fase.

VASCO DA GAMA/RJ

Destaque: João Pedro (atacante).

Técnico: Marcos Valadares.

Histórico: O Gigante da Colina chegou à segunda fase ano passado, repetindo 2015. Em 2016 e 2017 caiu logo na primeira fase.

Retrospecto recente: Vice-campeão carioca em 2018, também ficou em segundo lugar na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

VITÓRIA/BA

Destaque: Maykon Douglas (meia).

Técnico: João Burse.

Histórico: O Leão da Barra foi vice-campeão do torneio em 2015 e em 2018. Em 2016 caiu na primeira fase e em 2017 não participou.

Retrospecto recente: Fora da final do Baiano da categoria em 2019, havia sido eliminado na segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior no começo do ano.

No site você encontrará a tabela completa da competição aqui, assim como informações de todas as partidas, estatísticas e muito mais.

Comente


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Da Base