Da Base

11:35 | 22/09/2018
Brasil
11/01/2018 às 07:39 - Por Vinicius Fernandes

Veja um resumo da edição 2018 da Copa São Paulo, após o fim da fase de grupos

13 clubes conseguiram terminar primeira fase do torneio com 100% de aproveitamento

Chegou ao fim, na noite desta quarta-feira (10), a terceira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2018, a última da fase de grupos. Até aqui, nas 192 partidas realizadas, foram 150 vencedores (com 50 goleadas estabelecidas) e 42 empates, com um total de 541 gols, média 2,81 por jogo. Alysson, do Atlético-GO, foi o autor do 500º tento da competição.

Competição tem boa média de gols (Foto: Divulgação)

O placar mais repetidos é 1 x 0, que aconteceu em 30 oportunidades. A seguir aparecem 3 x 0 (24 vezes) 2 x 0 (24 vezes), 2 x 1 (20 vezes) e 1 x 1 (20 vezes).

Votuporanguense-SP, Santos-SP, Internacional-RS, Ponte Preta-SP, São Paulo-SP, Botafogo-RJ, Londrina-PR, Vila Nova-GO, São Carlos-SP, Avaí-SC, Audax-SP, Santo André-SP e Portuguesa-SP avançaram ao mata-mata com 100% de aproveitamento.

Guarani-SP, Criciúma-SC, Figueirense-SC, Atlético-GO, XV de Jaú-SP, Marília-SP, Paraná Clube-PR, Corinthians-SP, Ferroviária-SP, Volta Redonda-RJ, Itapirense-SP, Flamengo-RJ, Aimoré-RS, Coritiba-PR, Joinville-SC, Ceará-CE, São Bernardo-SP, Vasco da Gama-RJ, Palmeiras-SP, Taubaté-SP, Bahia-BA, Botafogo-PB, Goiás-GO, Grêmio-RS, Trindade-GO também se classificaram de forma invicta. Já Madureira-RJ e Fortaleza-CE, mesmo sem derrota nos três jogos, ficaram fora por um gol.

Por outro lado várias equipes sofreram três derrotas e foram eliminadas sem somar ponto: Fernandópolis-SP, Rio Preto-SP, América-RN, Tupã-SP, Francana-SP, Pinheiro-MA, Confiança-SE, Estanciano-SE, Paulista-SP, Ji-Paraná-RO, União Barbarense-SP, Rio Branco-AC, Luverdense-MT, Nacional-SP e Teixeira de Freitas/Olímpia-BA.

O Botafogo-RJ foi o dono da melhor campanha entre todos os participantes, com três vitórias e saldo positivo de 11 gols. Seu oposto foram Rio Branco-AC e União Barbarense-SP, com três goleadas sofridas.

Com 13 gols marcados, São Paulo-SP e Botafogo-RJ possuem o melhor ataque da competição, três a mais que o Internacional-RS. Já Luverdense-MT, Linense-SP, América-RN e Rio Preto-SP não conseguiram balançar as redes uma vez sequer.

Sem sofrer gol, o Vila Nova-GO é o dono da defesa menos vazada. Criciúma-SC, Madureira-RJ, Votuporanguense-SP, Santos-SP, XV de Jaú-SP, Londrina-PR, Primavera-SP, Corinthians-SP, Avaí-SC, Flamengo-RJ, Audax-SP, Atlético-MG, São Bernardo-SP, Vasco da Gama-RJ, Palmeiras-SP, Taubaté-SP, Bahia-BA, Botafogo-PB, Goiás-GO e Grêmio-RS foram vazados apenas uma vez. Por outro lado, o União Barbarense-SP teve a pior defesa, com 14 gols sofridos, uma a mais que o Pinheiro-MA.

Com cinco tentos anotados, Luan, do Vitória-BA, e seu xará do Botafogo-RJ lideram a artilharia ao lado de João Pedro, do Capivariano-SP. Com quatro estão Cristhyan, do Atlético-GO, Luís Henrique, da Ferroviária-SP, Rodrigo, do Desportivo Brasil-SP, Tetê, do Grêmio-RS, e Danilo, do Santo André-SP.

Comente


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Da Base